Madre Theodora tem novo centro cirúrgico e obstétrico

Madre Theodora tem novo centro cirúrgico e obstétrico

Reforma e melhorias ampliam em 27% a capacidade de atendimento e aprimoram a qualidade e segurança dos procedimentos, em particular os de alta complexidade.

O Hospital e Maternidade Madre Theodora, de Campinas (SP), inaugurou em outubro seu novíssimo e moderno centro cirúrgico, composto por seis salas dedicadas à cirurgia geral e um centro obstétrico com duas salas para cesarianas e duas salas de parto normal organizadas no modelo PPP (pré-parto, parto e pós-parto). Iniciadas no final do ano passado, a reforma e modernização da unidade ocorrem no contexto dos preparativos da celebração, em 2022, dos 30 anos do hospital, que se tornou uma referência regional.

Trata-se uma ampla melhoria, que abrange infraestrutura, mobiliário e equipamentos, fazendo do centro cirúrgico do Madre Theodora o mais moderno da região. “Seguindo todos os parâmetros de qualidade e segurança adotados pelos demais centros cirúrgicos do Americas, a unidade cirúrgica ganhou ar-condicionado central; sistema de pressão positiva, que minimiza riscos de infecções; novo projeto de iluminação; controle de temperatura regulado dentro de cada sala; torres de gases mais performantes, a fim de incrementar os níveis de segurança das anestesias; e estruturas de cirurgia laparoscópica de última geração”, enumera o Dr. Átila Vendite, gerente médico do hospital.

Segundo ele, isso significa um salto de qualidade e segurança, que permite a realização de procedimentos cada vez mais complexos e sofisticados em um centro cirúrgico que já era referência regional em cirurgias ortopédicas, cardiológicas, neurológicas, oncológicas e gineco-obstétricas. “A modernização minimiza riscos cirúrgicos, reduzindo as chances de complicações relacionadas aos procedimentos e proporcionando melhores desfechos clínicos para os pacientes, assim como menos tempo de internação”, destaca o Dr. Átila. Para o sistema de saúde, isso se traduz em um centro cirúrgico mais custo-efetivo.

“Tudo isso foi feito como se trocássemos a roda do carro com ele andando”, ressalta o gestor, lembrando que a obra aconteceu em etapas, permitindo que partes do centro cirúrgico continuassem em funcionamento enquanto as outras estavam em reforma. A queda do volume de cirurgias durante a pandemia ajudou nessa logística.

A reforma e modernização do centro cirúrgico ocorreram paralelamente à execução de um programa de eficiência cirúrgica do Americas, que promove aprimoramentos de processos focados na melhoria dos resultados assistenciais, aceleração do giro de salas, eliminação de atrasos e respeito aos horários agendados, entre outros ganhos. Até o momento, a iniciativa já resultou na ampliação de 27% da capacidade de atendimento do centro cirúrgico.

Parto humanizado

Com duas salas dedicadas ao parto normal e incorporação de tecnologias alternativas, o centro obstétrico do Madre Theodora reafirma seu compromisso com o parto seguro e humanizado, sempre oferecendo o máximo cuidado às gestantes e respeito às suas vontades.

Na sala PPP, são realizadas práticas para o alívio da dor e estímulo ao trabalho de parto com uma equipe multidisciplinar especializada em obstetrícia e vivência em todas as etapas do parto. Lá as pacientes também contam com recursos que facilitam o nascimento do bebê e reduzem o tempo do trabalho de parto, como espaldares, bola suíça, musicoterapia, técnicas anestésicas não farmacológicas, banheira descartável para realização de parto e banqueta de parto.

Essa abordagem traz benefícios importantes para as mães e seus bebês. “Aumentando o percentual de partos normais, reduzimos complicações que podem estar associadas às cesáreas, o tempo de recuperação das mães e a necessidade do uso de UTI neonatal”, resume o Dr. Átila.

INS_noticia-intena_profile-writer
Madre Theodora tem novo centro cirúrgico

Madre Theodora tem novo centro cirúrgico e obstétrico