Eventos médicos

Aproximar para aprimorar

Como parte do propósito de melhorar a experiência do médico e, desta forma, refletir na qualidade do atendimento, o Americas criou uma agenda de encontros entre corpo clínico e diretoria dos hospitais para estreitar relacionamento, aumentar a escuta ativa, compartilhar melhores práticas e promover melhorias

Para qualquer rede de saúde, o médico é um dos ativos mais importantes, principalmente no modelo brasileiro em que prevalecem os hospitais com corpo clínico aberto. E no Americas isso não é diferente. Por mais que a centralidade siga sendo sempre no paciente, os parceiros que atuam em cada uma das unidades têm grande importância para a organização.

Por isso, o Americas vem investindo em aprimorar cada vez mais a experiência dos profissionais que escolhem tratar os seus pacientes em uma das suas unidades. Participar de maneira transparente é fundamental para pavimentar uma relação positiva bilateral, promover um ambiente mais agradável de trabalho e, ao mesmo tempo, mais seguro para os pacientes e, principalmente, implementar melhorias contínuas.

Os mecanismos utilizados para viabilizar essas discussões têm sido a realização de encontros informais, em horários nos quais a disponibilidade costuma ser maior, como cafés da manhã, brunchs, almoços e lanches da tarde, entre as diretorias das unidades e médicos das especialidades estratégicas que atuam em cada uma delas. A ideia é que os médicos compartilhem as dificuldades em determinados procedimentos e processos, inclusive na relação com operadoras de saúde e associações médicas, bem como possam discutir melhores práticas, trocar experiências, pensar em soluções conjuntas, e claro, confraternizarem.

“É muito importante construir, em parceria com o corpo clínico, todos os protocolos e sobretudo o modelo assistencial, sempre buscando os mais altos padrões de qualidade e segurança para o paciente. Trabalhamos com melhoria contínua e a excelência é a nossa missão fundamental”, explica Dr. José Carlos Teixeira, diretor da regional de hospitais do Americas e responsável pelas unidades hospitalares Samaritano Higienópolis, Samaritano Paulista, Alvorada Moema, Paulistano e o centro médico Americas Medicina e Saúde.

José Emílio Duran Bueno – também diretor regional de hospitais do Americas e responsável pelas unidades hospitalares Metropolitano, Vitória Anália Franco, Caieiras e Madre Theodora, além do Instituto Radium de Oncologia e do Oncologia Vitória - salienta a importância de estreitar esse relacionamento e alinhar-se com os profissionais. Além de uma escuta ativa, esses encontros servem para compartilhar estratégias e resultados. “Queremos manter uma relação cada vez mais forte e retribuir de certa forma a preferência que esses médicos nos dão”, complementa.

Bueno ainda conta que, nas unidades Caieiras e Campinas, os médicos receberam uma cesta de café da manhã, além de uma contextualização sobre os resultados da regional, e participaram de uma palestra sobre mindfulness, a partir do projeto Diálogos Americas. O intuito foi também promover alguns minutos de relaxamento e quebrar a rotina do dia a dia. 

Já no Hospital Vitória Anália Franco, localizado na Zona Leste de São Paulo, existe uma agenda semanal fixa de café da manhã, dividida por grupos de especialidades, que acontece no Clube dos Médicos. A pauta é preparada pela diretoria visando aproximar esses profissionais que prestam serviços na instituição, conhecer seus pontos sensíveis e necessidades de melhorias. Também acontecem semanalmente os almoços temáticos no Centro Cirúrgico e que muitas vezes envolvem outras áreas de suporte, como enfermagem, agendamento, entre outras, para haver uma interação ainda maior. “Acredito que, com esses encontros mais informais, os médicos sintam-se mais à vontade para trazer suas opiniões, melhores práticas e fazer benchmarking de outros lugares que atuam. Também é uma forma de comunicarmos sobre o momento do hospital e das coisas que estão acontecendo e, claro, de criar proximidade com o corpo clínico. Tudo isso, ao final, acaba refletindo no paciente e materializando-se em melhorias”, explica Fabiana Lins de Sá, diretora executiva do Hospital Vitória Anália Franco.

Os cafés da manhã também já entraram na rotina do Hospital e Maternidade Metropolitano, assim como os eventos do tipo “Masterchef”, quando os médicos escolhem um colega a ser homenageado com um almoço especialmente preparado com seu prato principal. Leonardo Hiroki Kawasaki, diretor executivo da instituição, fala que a ideia é que esses encontros unam o lado pessoal e também possam levar um pouco das estratégias da organização para esses parceiros tão importantes para o ecossistema de saúde. “São os detalhes que fazem a diferença. Os feedbacks que recebemos durante essas situações nos ajudam a agregar valor. Também fazemos um almoço com os cirurgiões e às vezes temos dinâmicas por áreas. Trouxemos, por exemplo, pessoas que fizeram parte da linha de atendimento da Covid-19 para reconhecer o brilhante trabalho que fizeram”, ressalta.

Já o diretor executivo do Hospital Samaritano Higienópolis, Mauricio Rodrigues Jordão, complementa a opinião de seus colegas, reforçando que essas formas de aproximar o corpo clínico são ainda mais cruciais em uma instituição como o Samaritano Higienópolis, que tem mais de cinco mil médicos cadastrados e de 600 atuantes. Na unidade, os encontros acontecem a cada 15 dias e serão semanais a partir de dezembro. “Os médicos sentam para tomar café informalmente, conversar, colocar como podemos melhorar sua experiência no hospital e acabam saindo com ideias muito legais. Já demos andamento em muitas ações a partir do que é trazido por cada um dos parceiros”.

Os apontamentos recebidos estão relacionados aos agendamentos, liberações, revisão de processos, direcionamentos para distintas áreas de apoio, relacionamento com associações médicas, entre outras. A agenda é priorizada conforme as especialidades mais estratégicas para a unidade. E, graças à flexibilização das regras de isolamento social, também estão sendo retomadas as reuniões presenciais entre o corpo clínico, ampliando ainda mais os canais de comunicação com o médico.

INS_noticia-intena_profile-writer.jpg
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-hospitalar do país

Acontece Americas

Conteúdos relacionados