ComPaixão

ComPaixão

3ª edição - 15/10/2019

Suporte e acolhimento na luta contra a COVID-19

Ações de humanização ajudam a enfrentar os desafios deste momento com mais leveza

Carinho, acolhimento, conforto, maneiras criativas de estimular a adesão às medidas preventivas e de celebrar as conquistas... Sempre importantes, as práticas de humanização tornam-se ainda mais essenciais neste contexto tenso da pandemia da COVID-19. É por isso que os hospitais Americas têm investido em doses maciças desse ‘ingrediente’ que só tem efeitos colaterais positivos tanto para seus pacientes como para médicos e equipes multiprofissionais que estão na linha de frente.

Nossas redes sociais no Linkedin e Facebook têm sido canais importantes não apenas para disseminação de informações e orientações ao público em geral, mas também para ações que se tornam um misto de homenagem aos nossos profissionais com mensagens de incentivo à população no engajamento às medidas de prevenção. Nossas equipes marcaram presença em posts com fotos em que exibem cartazes com a mensagem “Nós estamos aqui por você. Fique em casa por nós”. Em várias unidades, nossos profissionais também adotaram um jeito especial de se despedir dos pacientes com alta: com aplausos para cada um que, graças aos cuidados que deles receberam, venceu a doença.

A criatividade para imprimir leveza aos ambientes deu origem a iniciativas variadas. No Hospital Madre Theodora, em Campinas (SP), por exemplo, a equipe que atua na UTI achou um jeito de estabelecer uma relação mais humana com os pacientes e mostrar a eles a face daqueles profissionais que parecem figuras estranhas e um pouco sem identidade com suas máscaras, toucas, aventais e protetores faciais. Cada profissional incorporou mais um item ao seu vestuário: um grande crachá que traz uma foto sua sorridente, acompanhada do primeiro nome. Com isso, em vez de rostos indecifráveis por trás dos EPIs, os pacientes conhecem os sorrisos e os olhares daqueles seres humanos que se dedicam a cuidar deles na UTI. São pessoas cuidando de pessoas.

No Americas Medical City, no Rio de Janeiro, a equipe também vem caprichando nas ações de humanização. As bandejas das refeições dos pacientes, por exemplo, trazem impressos com mensagens motivacionais, estimulando as práticas de prevenção. Mamãe e papais aflitos com os filhos internados e familiares de pacientes em geral também recebem bilhetes com palavras de encorajamento para enfrentar o momento difícil. Para cativar os pacientes pediátricos sem apetite, os pratos ganharam uma estética superatraente, com legumes na forma de estrelinhas ou de carinhas sorridentes que enfeitam a porção de arroz ou purê.

Cuidados com os médicos e demais profissionais que atuam nos hospitais do Americas Medical City também estão em foco:  são surpreendidos com bilhetes contendo orientações sobre cuidados no uso dos utensílios do refeitório e recebem lanches especiais ao longo do dia. “Além disso, temos feito pequenos eventos com cantores e caixas de som nos horários de algumas refeições, criando um ambiente mais agradável e de renovação das energias, algo muito importante nestes dias”, conta Luciana Neves, coordenadora de Nutrição.

No Samaritano – Higienópolis, em São Paulo, as áreas de Nutrição e Capital Humano têm atuado em parceria e usado a imaginação para criar momentos especiais de agradecimento e motivação dos profissionais de todas as áreas. A frase “Obrigado por estarem aqui”, por exemplo, estampa as camisetas das equipes de suporte aos colaboradores. Mensagens de agradecimento se repetem nos móbiles que decoram o restaurante e nos adesivos colados nos bombons entregues aos funcionários.

Almoços temáticos e atrações diferenciadas, como a presença de um psicólogo vestido de palhaço que fez uma performance na entrada do restaurante são exemplos da programação que procura combinar descontração, reconhecimento e motivação. “Para a equipe que cuida dos pacientes com COVID-19, temos preparado lanches extras, acompanhados de mensagens de motivação e conteúdos sobre alimentação saudável, como a entrega da salada de frutas com tubete de granola com o impresso com informações sobre alimentação e imunidade. Nas bandejas de refeição dos pacientes, colocamos bilhetes desejando boa recuperação e lembrando que estamos ao seu lado nessa luta”, conta Fernanda Rodrigues Alves, coordenadora de Nutrição do hospital.

Outra iniciativa no Samaritano – Higienópolis mexeu com o coração do time que trabalha no andar onde estão os pacientes com COVID-19. “Conseguimos cartas dos familiares das pessoas que atuam nessa área com mensagens carinhosas e encorajadoras e as entregamos a esses profissionais. Foi uma surpresa que causou muita emoção”, relata Priscila Corsi, business partner de Capital Humano.

Semelhantes ou com características específicas, conforme a realidade de cada uma das nossas unidades, as ações se repetem nos vários hospitais do Americas. São múltiplos gestos para agradecer e reconhecer algo que faz toda a diferença para os pacientes: o empenho e a dedicação dos nossos colaboradores. Como mostram as fotos postadas nas redes sociais, eles estão ali para cuidar de quem precisa. E a melhor forma que as pessoas têm de retribuir essa dedicação é atendendo ao apelo: “fiquem em casa por nós.”