Setembro vermelho

Coração em foco no Setembro Vermelho

No Americas, o cuidado das doenças cardiovasculares está em constante aprimoramento, com inovações e conceitos modernos para oferecer a melhor assistência aos pacientes.   

Como anda o cuidado com o seu coração? Essa pergunta foi o mote da campanha do Americas no Setembro Vermelho, com a divulgação de conteúdos no site e nas redes sociais destacando a importância da prevenção das doenças cardiovasculares, que estão entre as que mais matam no Brasil e no mundo, e da busca de cuidados especializados quando elas acontecem ou aparecem os primeiros sintomas.

E são cuidados diferenciados que o Americas oferece em seus hospitais, muitos já considerados Centros de Excelência da especialidade, com estrutura e modelo de assistência reconhecidos por instituições como o American College of Cardiology (ACC) e a Joint Commission International (JCI).

As ações são coordenadas pelo Sistema de Excelência Cardiologia Americas, que estrutura e padroniza as linhas de cuidado, implanta protocolos e monitora os indicadores, além de atuar na promoção do ensino e pesquisa, com estudos importantes, como o realizado no Hospital Samaritano Paulista, publicado recentemente na Scientific Reports, da Nature. O estudo mostra como a aplicação do protocolo ERAS (Enhanced Recovery After Surgery) permitiu reduzir para apenas três dias o tempo de internação de pacientes que passaram por cirurgia cardíaca (clique aqui para ler matéria completa sobre esse tema).

“Também temos dedicado atenção especial ao aperfeiçoamento dos nossos médicos. Promovemos encontros semanais locais e mensalmente das subespecialidades e da cardiologia geral da rede com foco em discussão de artigos científicos, casos clínicos e aulas sobre temas relevantes”, afirma o Dr. Diego Garcia, coordenador operacional do Cardiologia Americas.  

O Sistema de Excelência se dedica, ainda, a questões de gestão, como mensuração da produtividade e avaliação dos custos e receitas, temas que também estão sendo abertos à participação de médicos interessados. “Queremos envolver os profissionais do corpo clínico para que entendam e nos apoiem nas discussões”, destaca o Dr. Diego.

Linha de cuidado e tratamento especializado

O Cardiologia Americas adota o modelo de linha de cuidado integrado, que estabelece o padrão, o fluxo de atendimento, os protocolos e procedimentos para acompanhamento do paciente desde uma consulta de rotina até cirurgia e reabilitação, se necessário, sempre com suporte de uma equipe multidisciplinar.     

Eventos cardíacos agudos exigem assertividade e agilidade, aspectos favorecidos por protocolos como o de dor torácica, que estabelece, por exemplo, a meta de 10 minutos para realização de um eletrocardiograma após a entrada na unidade de paciente com dor no peito.  Os programas têm condutas baseadas nas melhores práticas e têm seus resultados monitorados por indicadores padronizados em instituições de referência. “Temos resultados muito bons e estamos buscando sempre melhorar esses indicadores”, diz o Dr. Diego.

INS_noticia-intena_profile-writer.jpg
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-hospitalar do país

Acontece Americas

Conteúdos relacionados