Covid Economia Solidária

Economia Solidária

3ª edição - 15/10/2019

Crise abre espaço para a economia solidária

Americas fecha acordo com costureiras ligadas a projeto social para a confecção de EPIs

Momentos de crise também são oportunidades para identificar novos caminhos e encontrar soluções criativas que beneficiam a sociedade. Foi isso que fez o grupo Americas ao buscar respostas para enfrentar a escassez de materiais e equipamentos em meio à pandemia da COVID-19: engajou-se em uma parceria solidária que transformou cerca de 100 costureiras vinculadas à Rede Asta (plataforma social que estimula o empreendedorismo entre artesãs de baixa renda) em fornecedoras de equipamentos de proteção individual (EPIs) hospitalares.

“Procurávamos uma forma de conciliar o abastecimento do nosso estoque de aventais com uma ação de responsabilidade social e, por indicação do Sesc – RJ, chegamos à Rede Asta”, conta o Dr. Charles Souleyman Al Odeh, Chief Medical Officer (CMO) da UHG Brasil. A parceria caiu como uma luva. “Encontramos um novo canal de fornecimento e uma maneira de estimular a geração de renda em um segmento da população que se encontra em posição ainda mais frágil no atual contexto de pandemia”, afirma ele.

“Doamos os materiais para a confecção de 38 mil aventais, que agora estão sendo comprados por nós e distribuídos para as várias unidades hospitalares do Americas para serem usados pelos nossos profissionais de saúde”, informa Andrea Giorgi, gerente de Responsabilidade Social da UHG Brasil. Segundo o Dr. Charles, esses materiais foram testados e aprovados, tendo sido produzidos de acordo as normas técnicas exigidas. As primeiras entregas dos aventais começaram na segunda quinzena de abril.

A parceria com a Rede Asta foi firmada por intermédio do Instituto COI, entidade de educação, pesquisa e gestão em saúde vinculada ao Americas. Outra boa notícia é que esses 38 mil aventais podem marcar o começo de uma relação mais duradoura. “Uma vez que foram abertas as portas para a economia solidária, a relação de fornecimento de materiais com o time da Asta pode ser perenizada”, informa o Dr. Charles.

Outras iniciativas

Em meio à crise, o Instituto COI vem apoiando também outras iniciativas, como o desenvolvimento de máscaras de proteção facial de acetato confeccionadas a partir de tecnologia de impressão 3D. Mais baratas e com tempo de produção mais acelerado, elas seguem em fase de testes.

Ainda no âmbito da responsabilidade social, a empresa doou mais de 12 mil itens de produtos de higiene pessoal, como papel higiênico e sabonete, e água mineral para as comunidades da Providência, no Rio de Janeiro, e Jardim Ibirapuera, em São Paulo.

Logo do Americas Serviços Médicos.
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.

Acontece Americas

Conteúdos relacionados