Imagem de placeholder

De olho na sua experiência

2ª edição - 15/10/2019

Pesquisas junto aos médicos ajudam o Americas a identificar oportunidades de melhoria. Por isso, a participação dos profissionais é superimportante.

O Americas Serviços de Médicos está empenhado em aprimorar continuamente a experiência dos médicos que atuam em seus hospitais, entre eles, os cerca de 18 mil do corpo clínico aberto.  Mas como saber quais melhorias podem contribuir para isso? A resposta é: ouvindo os profissionais. E uma das ferramentas para isso é a pesquisa de experiência e satisfação, enviada semestralmente por e-mail. Por isso, a instituição estabeleceu como objetivo aumentar o número de respondentes. Mas como convencer os médicos a participar? Mostrando que eles são os principais beneficiários.

 “Aplicada há três anos, a pesquisa vem alimentando consecutivos planos de melhoria que estão ajudando a melhorar nossas estruturas e serviços, impactando direta e positivamente a rotina dos médicos que atuam no Americas”, afirma Conrado Abreu, gerente de Inteligência de Mercado, área responsável pelo planejamento e aplicação da pesquisa. “Atualmente, temos um índice de engajamento de 16%, o que não é pouco para esse segmento de mercado. Mas queremos conhecer mais ainda as percepções, expectativas e demandas dos nossos médicos”, acrescenta ele.

Reunindo uma série de informações sobre a satisfação dos médicos e a sua probabilidade de recomendar nossos serviços a outros colegas (método NPS - Net Promoter Score) a pesquisa também têm perguntas abertas, que fornecem dados e relatórios utilizados para o planejamento de eventuais melhorias. Os planos para tal são de responsabilidade do time de Relacionamento Médico em parceria com as unidades Americas, sendo customizados de acordo com as demandas e especificidades de cada uma destas. Assim, quanto maior o número de médicos registrando suas avaliações, mais assertivo será este trabalho.

“Com os resultados da última pesquisa, realizada em novembro de 2019, algumas mudanças em várias unidades já estão sendo implantadas”, conta Maria Rita Mazzucatto, analista da área de Relacionamento Médico. Ela destaca o foco em algumas frentes prioritárias:

1) Melhorias em estrutura e processos de centros cirúrgicos, inauguração de leitos e obras em geral, como, por exemplo, nos hospitais Alvorada Moema (SP), Promater (RN), Madre Theodora (SP), Metropolitano (SP), Samaritano – Barra (RJ), Vitória – Barra (RJ) e Alvorada Brasília (DF).

2) Redimensionamento e treinamentos de equipes, a fim de maximizar a eficiência as operações, como, por exemplo, nas unidades Hospital Santa Joana Recife (SP), Hospital Alvorada Brasília (DF), Clínicas Lotten Eyes (SP), Hospital Samaritano – Botafogo (RJ) e Americas Centro de Oncologia Integrado (RJ).

3) Projeto de renovação do parque tecnológico, com foco em equipamentos e instrumentais de videocirurgia.

A próxima pesquisa será realizada em maio. Participe! Suas respostas fazem a diferença para nós e nos ajudam a fazer a diferença para você.

Logo do Americas Serviços Médicos
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país

Acontece Americas

Conteúdos relacionados