Ortopedia

Expandindo a excelência em Ortopedia

Ortopedia Americas se fortalece com o lançamento linhas de serviço na especialidade em vários hospitais da rede

O Sistema de Excelência em Ortopedia do Americas está dando um novo passo em sua missão elevar e equalizar o nível da qualidade da assistência ortopédica nos hospitais da rede. Depois de pilotar com sucesso novas linhas de serviço no Hospital Alvorada Moema – centro de excelência que funciona como um polo irradiador de boas práticas, inovações tecnológicas, produção científica, ensino e educação continuada –, essas novidades serão multiplicadas, a partir de junho, nos hospitais Samaritano - Barra e Vitória - Barra (Rio de Janeiro/RJ), no Samaritano Higienópolis e Metropolitano (São Paulo/SP), no Pró-Mater (Natal/RN), no Santa Joana Recife (PE) e no Alvorada Brasília (DF).

As linhas de serviço abrangem o tratamento da osteoartrose de quadril, osteoartrose de joelho e dor lombar baixa, atendendo os pacientes em fluxo precificado desde o diagnóstico até sua plena recuperação. Em sintonia com os princípios do Triple Aim, a meta é conjugar tratamentos aprimorados, melhoria da experiência do paciente e redução de custos, garantindo acesso aos serviços a um número cada vez maior de pessoas.

“Com essas linhas de serviço, obtivemos a padronização do atendimento dos pacientes, impulsionando os padrões de qualidade e segurança dos tratamentos ofertados, com diminuição do tempo de internação e dos custos e melhoria dos indicadores clínicos”, afirma o Dr. Osvaldo Guilherme Pires Nunes, coordenador nacional do Sistema de Excelência em Ortopedia.

Os números registrados no Alvorada Moema com os procedimentos de artroplastia total de quadril exemplificam esses ganhos:

  • Redução do tempo médio de permanência no hospital de 4,2 dias para 2,2 dias
  • Diminuição de utilização de UTI de 78% para 21%
  • Redução do tempo do início da marcha de 48 horas para 12 horas

Cultura de indicadores

As equipes multidisciplinares dos hospitais onde essas novas linhas de serviço serão implantadas seguem em treinamento até o final de maio. Entre as principais tarefas está a estruturação de uma cultura de coleta e gestão de indicadores clínicos e de satisfação dos pacientes. “Indicadores do gênero, que estão na base da medicina baseada em valor, são fundamentais para a implantação e o sucesso dessas novas linhas de serviço”, explica o Dr. Osvaldo.

Além disso, todos seguem comprometidos em elevar os níveis de qualidade e segurança da Ortopedia nesses hospitais a fim de consolidar o padrão do Sistema de Excelência do Ortopedia Americas.

Participação em programa da Anahp

A reputação da Ortopedia do Alvorada Moema rendeu ao hospital o convite para participar do Programa de Desfechos Clínicos da Associação Nacional dos Hospitais Privados (Anahp) desenvolvido em parceria com o Consórcio Internacional para Medição de Resultados de Saúde (ICOM, na sigla em inglês), que promove um intercâmbio internacional de indicadores padronizados para comparação e compartilhamento de melhores práticas. O Alvorada Moema não é associado da Anahp, o que faz do convite um reconhecimento à qualidade de sua Ortopedia

“Participar desse programa amplia a visibilidade da nossa instituição e da nossa expertise em Ortopedia. Também agrega valor ao permitir a comparação com resultados de outras instituições e a identificação de oportunidades de melhoria”, afirma o Dr. Marcelo Satori, diretor executivo do Alvorada Moema.

Um dos diferenciais do hospital é a oferta de um ciclo completo de tratamento –ambulatorial, cirúrgico e reabilitação –, com uma abordagem integrada, que contribui para os melhores resultados. “O objetivo do tratamento é devolver funcionalidade para o paciente com recuperação plena, que não o limite e não exija novos tratamentos”, destaca o Dr. Marcelo.

Implantado em 2017, o programa de indicadores do Alvorada Moema engloba todos os itens do modelo do ICOM e uma série de outros que garantem uma avaliação mais abrangente de todo o processo, desde internação, cirurgia, pós-operatório e reabilitação até a funcionalidade e qualidade de vida do paciente em longo prazo (até dois anos após o tratamento). “Isso nos traz uma visão mais ampla do resultado da cirurgia ou tratamento”, diz o Dr. Marcelo.

Com seu completo banco de dados de um significativo volume de procedimentos realizados desde 2017 (veja no quadro abaixo), o Alvorada Moema dará uma contribuição importante para o programa da Anahp. Os dados do hospital deverão ser inseridos no sistema da Associação até julho e serão atualizados mensalmente. 

 

Procedimentos Pacientes acompanhados (desde 2017)
Artoplastia total de quadril – 700 700
Artoplastia total de joelho – 550 550
Dor lombar cirúrgico – 482 482
Dor lombar conservador - 611 611
INS_noticia-intena_profile-writer.jpg
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-hospitalar do país