Gradiente_Purple

Nosso novo Diretor Executivo de Growth

Paulo Ishibashi assume a direção executiva para crescimento do Americas. Valor em saúde está no cerne da sua estratégia.

Paulo Ishibashi é o novo Diretor Executivo de Growth do Americas Serviços Médicos. Com passagens por hospitais como Albert Einstein (2005 – 2011), Samaritano (2013 – 2016) e Sírio-Libanês (2017 – 2020), ele retorna ao grupo com uma missão bem definida: trabalhar pelo crescimento nos hospitais da rede, baseado na oferta de serviços que conjuguem qualidade assistencial, excelência na experiência do paciente e custos adequados.

“Isso tudo significa crescer gerando valor para todos os elos da cadeia de saúde: pacientes, médicos, hospitais e operadoras de saúde”, explica Ishibashi, destacando que a melhor definição de valor nesse caso é a oferta de tratamentos pertinentes para o atingimento dos melhores desfechos clínicos, evitando desperdícios. “Queremos ser a rede que oferece o melhor valor do mercado nacional”, resume.

Graduado em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, com MBA pela Business School São Paulo e formação executiva pela Universidade de Toronto e pela Wharton School, Ishibashi assume essa visão como motor da sua estratégia,  alicerçada em três pilares de ação:

  • Promoção de boa relação com as fontes pagadoras, ancorada na capacidade da rede de entregar soluções inovadoras em termos de produtos, serviços e modelos de pagamento.
  • Desenvolvimento robusto do capital humano médico nas unidades da rede, por meio de ações de atração, valorização e retenção dos talentos profissionais médicos.
  • Fortalecimento e expansão dos canais de acesso ao amplo portfólio de produtos e serviços do Americas, a fim de garantir que os pacientes cheguem até as soluções desejadas com a máxima facilidade, agilidade e efetividade.

Ishibashi destaca que vê no Americas uma rede hospitalar sólida, com uma robusta estrutura de qualidade e segurança do paciente e gestão correta e bem otimizada de custos que tornam os hospitais muito adequados à demanda do mercado nacional. “As fortalezas do Americas também passam por uma cultura de valor em saúde bem estabelecida, pela sua capilaridade geográfica e por estar integrado a um grupo internacional do porte do UnitedHealth Group”, enfatiza.

  • Outro motivo de confiança no Americas do amanhã é expresso pela sua própria contratação, ocorrida em tempos de pandemia. “Estou feliz em retornar à organização, que está renovando a sua estratégia de mercado, apostando na retomada e se preparando para voltar a crescer, confiantes de que a ciência global conseguirá controlar essa pandemia.”, finaliza.
INS_noticia-intena_profile-writer.jpg
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-hospitalar do país