indicadores qualidade

Qualidade que nos diferencia

Indicadores atestam os padrões de excelência da medicina praticada nos hospitais da rede Americas

Com 18 hospitais e mais 31 unidades do Americas Centro de Oncologia Integrado, Lotten Eyes, Eye Clinic e Vitória – Santos; cerca de 17 mil colaboradores; 18,5 mil médicos cadastrados e média de atendimento de 50,5 mil pacientes/dia, o Americas não é somente uma das maiores redes de serviços médicos do país. É também uma referência em padrões de qualidade e segurança, que podem ser atestados em números.

Confira alguns destaques em diferentes áreas e especialidades (números relativos ao primeiro trimestre deste ano).

Cardiologia

Os Hospitais Samaritano – Paulista (SP) e Pró-Cardíaco (RJ) apresentam resultados comparáveis aos índices de excelência internacional, como os do American College of Cardiology e American Heart Association: 100% dos pacientes com infarto agudo do miocárdio são atendidos em menos de 90 minutos (tempo entre a chegada e o tratamento), a taxa de sucesso em revascularização do miocárdio é de 99% e a de angioplastias, de 97,2%.

 Neurologia

Temos 27% de trombólise em pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC) agudo, índice bem acima dos melhores indicadores mundiais, que giram em torno de 21%. Outro destaque fica por conta da nossa estrutura neurológica diferenciada e integrada: 25 das nossas unidades estão conectadas por telemedicina.

Oncologia

A adesão ao protocolo de quimioterapia foi de 91% no Centro de Oncologia Integrado, Hospitais Paulistano, Metropolitano, Vitória - Santos, Vitória - Anália Franco, Carlos Chagas e Américas Medicina e Saúde. Já o nível de extravasamento de quimioterapia, considerando todas as instituições da rede Americas com centros de infusão, foi de 0,07%.

Ortopedia

O destaque são os indicadores do Hospital Alvorada Moema.  Em artroplastia de joelho, a unidade registrou tempo médio de internação de 3,2 dias, 80% de deambulação no pós-operatório imediato e 52% dos casos sem necessidade de uso de UTI. Os números da artroplastia de quadril nesses mesmos quesitos foram, respectivamente, 3 dias, 78% e 34%.

UTI

O índice de mortalidade de 7,64% dos pacientes críticos em nossas UTIs é menos da metade do índice geral do Brasil (15,63%) e bem melhor do que a média dos hospitais privados do país (11,96%). No total, nossa rede conta com 508 leitos de UTI (leitos operacionais adultos, pediátricos e neonatais).

O que faz a diferença?
Somos uma organização comprometida com a qualidade e a segurança do paciente, o que nos faz buscar a evolução contínua de nossos processos e práticas. Esse é o objetivo, por exemplo, do Programa de Qualidade e Segurança acompanhado pelo Institute for Healthcare Improvement (IHI), com especialistas de melhoria do Americas sendo capacitados.

Atualmente, temos nove hospitais acreditados pela Joint Commission International (JCI), três com ONA II e dois com ONA III (Excelência); diversos hospitais com programas de cuidados clínicos acreditados pela JCI (em diabetes mellitus, transplante renal pediátrico, insuficiência cardíaca, infarto agudo do miocárdio, cuidados paliativos e AVC), além da Primary Stroke Program – Accreditation Canada (Hospital Pró-Cardíaco).

Nossos esforços e os resultados que temos obtido têm nos rendido reconhecimentos importantes, como a presença de três hospitais da rede Americas no ranking dos melhores hospitais do Brasil da revista Newsweek: Samaritano – Higienópolis (17º lugar), Alvorada – Moema (31º) e Samaritano – Botafogo (40º).

 

Logo do Americas Serviços Médicos.
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.