Buco SOE

Sistemas de Excelência, os motores que impulsionam a nossa qualidade

Dando continuidade à série iniciada na nossa newletter de junho, apresentamos nesta edição o perfil da liderança que está à frente das linhas de cuidados da Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial.

Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial

Antes mesmo da graduação em Odontologia, o Dr. Daniel Falbo, que assumiu em 2019 a liderança do Sistema de Excelência em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do UnitedHealth Group Brasil, já havia decidido direcionar sua formação para esse campo da Medicina. “As deformidades faciais afetam profundamente a vida das pessoas e a Cirurgia Bucomaxilofacial tem um papel fundamental para corrigir esses problemas, com reflexos positivos na qualidade de vida”, afirma ele, que vem coordenando uma série de ações visando estruturar e padronizar as melhores práticas no atendimento dos pacientes dessa especialidade nas diferentes unidades do grupo.

Nesse trabalho, ele se apoia em sua sólida bagagem profissional e acadêmica. Depois da Residência em Cirurgia Bucomaxilofacial na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, concluída em 2005, fez um fellowship em Cirurgia de Deformidades Faciais no Hospital Klinikum Konstanz, instituição alemã de referência na área. De volta ao Brasil, além de se dedicar às atividades assistenciais, seguiu investindo na sua formação, com cursos de Mestrado (na mesma faculdade onde se especializou) e Doutorado em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial na Universidade de São Paulo (USP).

Atuou como professor convidado na Universidade de Granada (Espanha) e é professor e diretor da unidade brasileira do Centro de Treinamento do International Bone Research Association (IBRA), sediada no Hospital Samaritano Higienópolis. “É uma grande honra e um importante diferencial sermos escolhidos por essa entidade para sermos um de seus poucos representantes no mundo”, afirma o Dr. Daniel.

Pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, criou e coordenou o programa de residência da especialidade Bucomaxilofacial no Hospital do Mandaqui para a formação de novos cirurgiões, onde também presidiu o Comitê de Ética e Pesquisa. Liderou serviços em sua área de especialidade em vários hospitais de São Paulo até ingressar no Samaritano Higienópolis em 2019.

Paralelamente, o Dr. Daniel sempre se manteve envolvido em atividades de pesquisa, participando de estudos publicados em vários periódicos científicos. Um dos mais recentes, divulgado na revista da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas (APCD), aborda o controle de infecção na prática dental durante a pandemia de Covid-19. Também é autor colaborador de diversos livros, entre eles Tratado de Cirurgia Bucomaxilofacial e Condutas em Urgências e Emergências para o Clínico.

Linha de cuidado em alta complexidade

Todos esses conhecimentos e experiências têm sido fundamentais para as atividades que o Dr. Daniel vem desenvolvendo à frente do Sistema de Excelência em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da rede Americas e do UnitedHealth Group Brasil.

Depois de um levantamento que permitiu classificar, segundo o nível de complexidade, os hospitais do grupo que atendem a especialidade, foi criada uma linha padronizada de cuidado integrado para o atendimento de alta complexidade. O modelo foi implantado em junho, em São Paulo, nos hospitais Alvorada Moema e Samaritano Paulista, da rede Americas, e no Next Santo Amaro, do UnitedHealth Group Brasil. Em agosto, será levado aos hospitais Samaritano Barra e Vitória Barra, da rede Americas, e o Hospital Pasteur (UHG), chegando às unidades do Nordeste e Distrito Federal no primeiro semestre do próximo ano.

“A linha de serviços de alta complexidade envolve a cadeia de atendimento de todas as patologias da especialidade. O direcionamento do paciente é feito já na marcação de consulta, entrada via emergência ou transferências de outros hospitais. O fluxo segue com exames, tratamento e reabilitação com suporte de equipe multiprofissional composta por fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional e psicólogo”, informa o Dr. Daniel. “Nossa equipe está preparada para orientar e direcionar o paciente de forma que ele possa realizar todas as etapas de cuidado na instituição. Esse é um grande diferencial do nosso serviço”, acrescenta ele.

Para manter o padrão de excelência em qualidade, segurança e a melhor experiência do paciente, estão sendo implantados protocolos de atendimento e indicadores padronizados para medir a efetividade do sistema e identificar oportunidades de melhoria.

“Os protocolos constam no manual de boas práticas confeccionado pela equipe e que contém orientações baseadas em evidências científicas. Abrange diagnósticos, indicações de tratamentos, procedimentos cirúrgicos e utilização dos materiais especiais, visando a qualidade da assistência e também a sustentabilidade do sistema”, afirma o Dr. Daniel. Os indicadores focam principalmente em qualidade e desfecho clínico, entre eles o tempo de internação, as taxas de reinternação e infecção, além da adesão aos protocolos e o NPS (índice de satisfação do paciente).

Outro foco importante do sistema é a educação médica continuada, que vem sendo promovida por meio de encontros científicos mensais com professores brasileiros e internacionais, além de um simpósio anual da especialidade, que este ano deverá acontecer em novembro, em formato híbrido (digital e presencial). Também foi criado um programa de estágio para subespecialização de cirurgiões bucomaxilofaciais. “São ações importantes, que se refletem diretamente na qualidade do atendimento”, aponta o Dr. Daniel.

Segundo ele, todas as iniciativas que vêm sendo desenvolvidas convergem para um mesmo objetivo: “queremos que a área de Cirurgia Bucomaxilofacial do nosso grupo seja referência no país e que estejamos na vanguarda das inovações e das técnicas mais avançadas. ”

 

Dr. Daniel Falbo
Dr. Daniel Falbo, responsável pelas linhas de cuidado em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial

 

Americas Serviços Médicos
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-hospitalar do país