Artis pheno

Um ARTIS pheno só para treinamento

O avançado sistema robótico da Siemens é o novo trunfo do CETEB e do Ircad – Unidade Rio de Janeiro para treinar médicos de toda a América Latina.

O Centro de Educação e Treinamento Edson Bueno (CETEB) e o Ircad – Unidade Rio de Janeiro contam agora com o Siemens ARTIS pheno, avançado angiógrafo robótico que será dedicado exclusivamente para o treinamento médico. O equipamento é capaz de captar em tempo real imagens do corpo do paciente e fundir com outras previamente registradas. Para isso, movimenta um dispositivo de raio X acoplado a um arco em C ao redor do paciente, possibilitando a geração de imagens tomográficas 3D que são trabalhadas e correlacionadas com outras imagens por meio de softwares avançados. O robô também é capaz de fazer a subtração de imagens de órgãos e outras estruturas para facilitar a visualização de alvos definidos.

O ARTIS pheno é usado em procedimentos altamente complexos e sofisticados da radiologia intervencionista, como intervenções neurovasculares, colocação de stents e marcapassos, implante de próteses e terapias oncológicas ablativas e de embolização. “Nosso equipamento é o único disponível para treinamento nas Américas. Nem nos Estados Unidos existe um aparelho como esse só para treinamento”, afirma o Dr. Armando Melani, diretor científico do Ircad América Latina. Outro robô do gênero está em uso no Hospital Alvorada Moema, de São Paulo.

imagem

ARTIS pheno

Apresentado à comunidade médica do Americas em eventos promovidos no CETEB em julho e agosto, o novo robô está à disposição para duas modalidades de treinamentos. “Uma delas é a habilitação de médicos no uso dessa tecnologia, que demanda tempo de aprendizado para que seja possível extrair o máximo dos benefícios que ela possibilita”, explica Marina Grangeiro, gerente administrativa do CETEB e Ircad – Unidade Rio de Janeiro. Como o ARTIS pheno é uma versão mais moderna do ARTIS zeego, equipamento disponível em vários hospitais do Brasil e do Americas, muitos médicos poderão usar o novo robô para aprender como explorar ainda mais as potencialidades do ARTIS zeego. A outra modalidade são treinamentos de procedimentos terapêuticos avançados específicos realizados com o suporte dessa tecnologia.

“O ARTIS pheno já começou a ser utilizado em formações que estavam na nossa grade, trazendo um diferencial de peso para esses cursos, e será adotado em outros”, informa Marina. “Equipes dos Sistemas de Excelência Cardiologia Americas e Neurologia Americas já estão trabalhando no desenvolvimento de novos cursos”, acrescenta o Dr. Armando, observando que o ARTIS pheno facilita muito procedimentos altamente complexos e delicados, como o tratamento de aneurisma cerebral ou a colocação de válvula cardíaca percutânea.

Parceria firmada com a Siemens também vai transformar CETEB e Ircad – Unidade Rio de Janeiro em um centro de referência para o treinamento nessa tecnologia para toda América Latina.

INS_noticia-intena_profile-writer.jpg
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-hospitalar do país

Acontece Americas

Conteúdos relacionados