Cirurgia inovadora para tratamento de lombalgias

Alvorada Brasília realiza cirurgia inovadora para tratamento de lombalgias

Antes considerado um problema exclusivo da terceira idade, a lombalgia - dor na região lombar da coluna - não apenas tem aumentado, mas também tem afetado pessoas cada vez mais jovens. Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia, de 65% a 80% da população mundial sofre com esse incômodo. A lombalgia pode ser aguda, com duração de até três semanas, subaguda ou crônica, persistindo por mais de três meses.

Apesar das diferentes causas, a mais comum tem sido a falta de atenção com a coluna no dia a dia. Alguns exemplos são postura incorreta, mochilas muito pesadas, esforços repetitivos e condicionamento físico inadequado. A boa notícia é que, com o avanço da tecnologia, já é possível realizar procedimentos cirúrgicos que eliminam completamente o desconforto sem impactar na qualidade de vida do paciente.

Hospital Alvorada oferece tratamento cirúrgico inovador

Recentemente, a equipe médica do Hospital Alvorada Brasília realizou uma cirurgia de artroplastia lombar - considerada uma inovação no Brasil e no mundo. Segundo o neurocirurgião Eidmar Augusto Neri, do Grupo Americas, o procedimento é indicado para tratamento de pacientes com queixas de dor na coluna lombar e nervo ciático, as quais podem ser causadas por diversas doenças que atingem o disco intervertebral (discopatias).

Trata-se da aplicação de uma prótese de disco lombar que permite ao paciente manter os movimentos fisiológicos de coluna e quadril. "Um dos principais benefícios dessa cirurgia é que não há necessidade de artrodese - tratamento contra a dor que exige a imobilização da articulação afetada", explica Neri. As artrodeses costumam impedir que o paciente realize movimentos específicos, podendo afetar seu bem-estar pelo resto da vida.

Evolução do quadro e desfecho pós-operatório

Após a cirurgia realizada pela equipe do Hospital Alvorada Brasília, o paciente apresentou evolução do quadro e pôde retomar suas atividades básicas do dia a dia - como caminhar e dirigir. O neurocirurgião afirma que houve recuperação pós-operatória adequada e dentro do esperado. Além da resolução completa do quadro de dor, que é o principal objetivo da intervenção.

Outro benefício importante da cirurgia de artroplastia lombar é que não há risco de lesão à musculatura da coluna - já que o procedimento é realizado via anterior, na região abdominal. Consequentemente, esse método também reduz o tempo de uso de analgésicos e anti-inflamatórios no pós-operatório.

O paciente operado, Anderson Carlos dos Santos, comemora o bom resultado da cirurgia. "Meus dias mudaram completamente e estou sem nenhuma restrição dos meus movimentos. É muito difícil conviver com dores que, dependendo da intensidade, impactavam diretamente em todas as atividades da minha rotina", afirma. 

Fonte: https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/lombalgia/

Logo do Americas Serviços Médicos.
11/10/2019 - 3 minutos de leitura Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.