Imagem com comprimidos esparramados em uma mesa formando um símbolo de interrogação.

Consulta médica sem dúvidas

20/09/2017 - 2 minutos de leitura

Tudo o que você deve perguntar ao médico para assegurar o melhor tratamento e fazer tudo direitinho em casa.

Sair inseguro do consultório não está com nada. Para se recuperar bem, você precisa entender quais são as restrições impostas pela sua condição, o jeito certo de tomar medicamentos, de fazer uma eventual reabilitação e de adaptar os hábitos do dia a dia, além de ter certeza de que a conduta estabelecida pelo médico é a mais acertada para o seu caso.

“Tenha em mente que questionar é seu direito e que é dever do médico dar todas as respostas de que você precisa. Acredite: assumir uma postura ativa no próprio tratamento só vai contribuir com o seu restabelecimento”, aconselha o Dr. Valter Furlan, diretor médico do Hospital Total Cor, em São Paulo.

Não à toa, o Joint Commission International (JCI), o principal órgão certificador do mundo, teve a iniciativa Speak up (pergunte, em inglês), que visa justamente estimular os pacientes a ter esse tipo de conversa com os profissionais de saúde - modelo que já começamos a implementar no Brasil.

Então, antes de sair de casa, anote tudo o que você gostaria de saber. E, para não esquecer de nada, dê uma olhada na lista de tópicos importantes a serem discutidos:

  • Que problema eu tenho?
  • Quais são os sintomas mais comuns?
  • E os sinais de complicações?
  • Em que situação devo retornar ao hospital?
  • Para que serve cada medicamento prescrito?
  • Como saber se está surtindo efeito?
  • Posso tomar com outros remédios? E alimentos? Há restrições?
  • Quais os principais efeitos colaterais?
  • Quais os horários, intervalos e período de administração?
  • Há uma alternativa de exame/procedimento menos invasivo?
  • Quais as opções de tratamento mais baratas ou que provocam menos reações adversas?
  • Existem riscos? Quais são eles?
  • Qual a sua experiência (do médico) nesse tipo de procedimento?
  • Quantas cirurgias você já realizou? E qual a taxa de mortalidade?
  • Você higienizou as mãos? (antes de um curativo ou intervenção)
Logo do Americas Serviços Médicos.
Autor Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.