Paciente e acompanhante em hospital

COVID-19: os cuidados para pacientes oncológicos

A pandemia do novo coronavírus tem gerado grande preocupação e dúvidas, principalmente aos pacientes em tratamentos hospitalares, como aqueles diagnosticados com algum tipo de câncer. Por isso, aproveitamos esse Dia Mundial da Luta contra o Câncer para esclarecer informações sobre a COVID-19 e os cuidados que devem ser tomados com pacientes oncológicos.

O câncer acarreta a queda da imunidade, seja pela doença ou pelo tratamento que a pessoa está recebendo. E, apesar de todos os pacientes oncológicos demandarem cuidado, existem algumas situações de maior risco, como casos de: 

  • Leucemias
  • Linfomas
  • Mielomas
  • Pacientes em tratamento quimioterápico
  • Pessoas recém transplantadas ou operadas

Independente do caso, os pacientes oncológicos em tratamento devem tomar alguns cuidados específicos, como:

  • Não interromper o tratamento
  • Alinhar necessidade e peridiocidade das consultas com o médico responsável
  • Caso frequente algum centro de tratamento oncológico, levar apenas um acompanhante que não apresente sintomas gripais

É importante lembrar que a COVID-19 tem rápida transmissão e pode manifestar pior gravidade em pessoas com a saúde fragilizada. A transmissão ocorre por gotículas de saliva, espirro, tosse ou contato pessoal próximo com pessoas e objetos infectados, seguido de contato com boca, nariz ou olhos.

Pessoas contaminadas podem apresentar febre acima de 37,8ºC, tosse e falta de ar; entretanto, existem casos assintomáticos em que esses sinais não se manifestam. Por isso, é importante manter a higienização frequente das mãos e o isolamento social - saindo de casa apenas em casos de extrema necessidade.

 

Logo do Americas Serviços Médicos
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país