Imagem mostra uma mulher tocando o peito.

Infarto ou parada cardíaca?

23/03/2018 - 2 minutos de leitura

Aprenda a distinguir os dois eventos e a prestar socorro da forma adequada.

Como o próprio nome sugere, em casos de parada cardíaca, o coração para de bater e começa a vibrar. Isso acontece quando uma lesão ou malformação compromete a rede elétrica que regula os batimentos cardíacos, levando a uma disfunção conhecida como arritimia, podendo evoluir para essa situação extrema.

Quando isso acontece, o coração deixa de cumprir sua função de bombear sangue para os órgãos e tecidos. Então, a pessoa fica inconsciente e deixa de respirar. Caso ela não responda a estímulos nem esteja respirando direito, disque 192 e acione o SAMU. Então, inicie a manobra de ressucitação, comprimindo o tórax da vítima, 100 vezes por minuto. Se houver um desfibrilador no local e você souber como utilizá-lo, essa é a melhor alternativa.

Já o infarto ocorre por conta do entupimento de uma artéria que leva sangue ao coração. É quando uma placa de gordura se desprende e interrrompe a circulação no interior do vaso. Sem receber sangue, as células cardíacas começam a entrar em falência.

Os sintomas mais comuns desse tipo de evento são dor e desconforto no peito e nos braços, sudorese e náusea. Diante de uma suspeita do problema, o melhor é ligar para o SAMU rapidamente e aguardar o socorro no local, sem tentar remover o paciente de carro para o hospital.

Logo do Americas Serviços Médicos
Autor Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.