Imagem de duas pessoas, uma médica segurando uma prancheta com o paciente ao seu lado.

Reabilitação cardiopulmonar: entenda o que é e como funciona

07/11/2019 - 3 minutos de leitura

Muito se fala sobre a prevenção de problemas cardiológicos com a adoção de hábitos saudáveis - o que realmente merece atenção. Por outro lado, o cuidado com pessoas que já enfrentaram esse tipo de complicação é igualmente importante e merece esclarecimento. Segundo Valter Furlan, diretor-geral do Hospital Samaritano Paulista, a reabilitação cardiopulmonar é um compilado de intervenções físicas, sociais e psicológicas coordenadas - e que tem o objetivo de controlar fatores de risco, sintomas e evolução de doenças, além de melhorar a qualidade de vida e a capacidade funcional do paciente que passou por complicações no sistema cardiopulmonar.
 

Saiba como funciona o Programa de Reabilitação Cardiopulmonar

Com duração prevista de 36 sessões - realizadas três vezes por semana, o programa de reabilitação cardiopulmonar é composto por tratamentos que ajudam o paciente a retomar sua rotina com o máximo de independência possível, além de reduzir os níveis de ansiedade causados por determinadas doenças. A rotina da sessão dura cerca de uma hora e quinze, com aquecimentos, atividades aeróbicas, exercícios resistidos, alongamentos e, por fim, o desaquecimento.

As atividades realizadas por cada paciente são prescritas de acordo com a sua condição individual, levando em conta o histórico clínico e resultados de testes funcionais. Ao fim das sessões, é realizada uma nova consulta para definir a necessidade de permanência no programa ou se o paciente já está apto a receber alta. Nesse último caso, são feitas orientações médicas para as atividades que a pessoa manterá em sua rotina comum.
 

Equipe e infraestrutura do Hospital Samaritano Paulista

A unidade Paulista do Hospital Samaritano oferece estrutura completa e que foi exclusivamente desenvolvida para pacientes em reabilitação cardiopulmonar. "Além de uma equipe multidisciplinar altamente capacitada, o espaço conta com piscina terapêutica, ginásio especializado com telemetria, coaching em saúde e exames complementares diversos", explica Valter Furlan.

Os pacientes da unidade contam ainda com assistência cardiológica para avaliação pré e pós reabilitação; acompanhamento com fisioterapeutas e educadores físicos, que determinam frequência, duração, intensidade e outros fatores importantes das práticas de exercícios, além de um coach da saúde que, junto ao paciente, trabalha para aplicar hábitos de vida mais saudáveis.

Podem ser indicados para a reabilitação cardiopulmonar os pacientes com:

  • Pré e Pós operatório de revascularização do miocárdio
  • Pós infarto agudo do miocárdio
  • Pós angioplastia por infarto ou angina instável
  • Doença aterosclerótica do coração documentada com ou sem angina
  • Insuficiência Cardíaca
  • Pós operatório de valvopatia
  • Pós implante de dispositivo cardíaco
  • Pós transplante cardíaco
  • Doença arterial obstrutiva periférica
  • DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica)
  • Outras afecções do sistema respiratório com déficit funcional
  • Diabéticos e outras doenças metabólicas
  • Miocardiopatia Hipertrófica
  • Doenças da Aorta
  • Insuficiência Renal Crônica
  • Portadores de doenças oncológicas

É importante saber que, para ingressar no programa de reabilitação, será necessária uma avaliação médica e fisioterápica, além de um teste funcional. Esse processo tem como objetivo desenvolver um plano de tratamento específico para cada pessoa e identificar pacientes com alguma contraindicação cardiopulmonar ou de outra ordem. Para saber mais, ligue (11) 2827-5000.

Fonte: Dr. Valter Furlan

Logo do Americas Serviços Médicos.
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.