Imagem ilustrativa com o desenho de uma casa e com a frase "Casa segura para o idoso, ambiente livre de perigos."

Segurança na terceira idade: como prevenir quedas em casa

30/09/2017 - 3 minutos de leitura

À medida que a idade avança, é natural que a coordenação, a flexibilidade, a força e o equilíbrio fiquem comprometidos. Por isso, é preciso tomar uma série de precauções para evitar acidentes domésticos. Fique por dentro das orientações do Dr. Osvaldo Pires, ortopedista do Hospital Alvorada, em São Paulo:

A partir de que idade as quedas passam a ser motivo de preocupação?
A partir dos 65 anos. Nos Estados Unidos, as quedas são as maiores causas de lesões fatais e não fatais, nessa faixa etária. A grande preocupação se atribui às consequências que o acidente pode provocar, tais como fraturas na coluna, rádio distal e fêmur proximal. As últimas são as que impactam em maior mortalidade e perda de função. Cerca de 30% dos paciente falecem no primeiro ano após a fratura e apenas 50% recuperam a capacidade de exercer suas atividades rotineiras, como faziam antes do evento.

Quais as principais razões pelas quais o risco de queda aumenta?
Com o envelhecimento, nós perdemos coordenação, flexibilidade, força e equilíbrio, favorecendo a queda.
A acuidade visual também fica diminuída e a capacidade de adaptação para perto, longe, claro e escuro se altera. Assim, aumenta a dificuldade de enxergar obstáculos e, consequentemente, a probabilidade de tropeçar.
A diminuição da audição, medicamentos que causam tontura ou desidratação são outros fatores que precisam ser levados em conta, além de doenças crônicas, como diabetes, AVC, artrite, hipertensão arterial e depressão.
Sem contar que os pacientes idosos, normalmente, vivem em suas casas há muito tempo e nunca se preocuparam com adaptações para deixar seus lares mais seguros.
Para se ter uma ideia da importância desse assunto, nos Estados Unidos, 86% das fraturas em idosos ocorrem dentro de casa. Portanto, é importante que essa população se conscientize do impacto que uma queda pode ter em suas atividades diárias, além de colocar sua vida em risco.

Quais as precauções que os idosos devem tomar?

  • Sempre levantar devagar, quando sentado ou deitado, respeitando seu tempo para manter o equilíbrio, antes de começar a se movimentar.
  • Utilizar sapatos de salto baixo e com sola antiderrapante.
  • Usar aparelhos de auxílio de marcha, como andadores, muletas ou bengalas.
  • Ao caminhar de meias, dar preferência às antiderrapantes.
  • Limpar, imediatamente, líquidos que caírem ao chão, evitando que ele fique molhado.
  • Acender as luzes sempre que for andar, mesmo que esteja totalmente familiarizado com o ambiente.
  • Visitar regularmente o médico para controle de doenças crônicas, exame de acuidade visual e auditiva, ajuste de medicações e orientações sobre atividades que preservem coordenação, flexibilidade, força e equilíbrio.
  • Evitar vestidos ou saias longos.

Quais as mudanças que devem ser feitas no mobiliário da casa?

  • Remover tapetes e fios elétricos das áreas de trânsito.
  • Não encerar o piso.
  • Não subir em cadeiras ou bancos para pegar objetos no alto. Utilizar, sempre, uma escada própria para essa finalidade.
  • Colocar corrimões nas paredes e escadas (internas e externas), dos dois lados.
  • Utilizar lâmpadas de 100w ou mais incandescentes ou equivalentes à fluorescente, para iluminar todos os ambientes da casa.
  • Colocar interruptores próximos à cama, sofás, portas e escadas.
  • Optar por pisos antiderrapantes nas escadas.
  • Manter uma luz acesa no banheiro, no período noturno.
  • Instalar barras de apoio no chuveiro e perto do vaso sanitário.
  • Evitar manter banheira junto com o chuveiro. O ideal é colocar um tapete antiderrapante no box do chuveiro, na frente da pia e do vaso sanitário.
  • Utilizar portas que possam ser abertas dos dois lados, evitando trancá-las.
  • Se possível, tomar banho nos horários em que mais alguém esteja em casa.
  • Manter o chão da cozinha limpo, seco, organizado e sem gordura.
  • Guardar objetos pesados em armários, na altura da cintura.
  • Armazenar itens perigosos em local distante de alimentos.
  • Evitar utilizar vestidos ou saia longos.
Logo do Americas Serviços Médicos.
Autor Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.