A imagem mostra vários grãos de soja.

Soja

25/02/2019 - 3 minutos de leitura

A soja (Glycine max (L.) Merrill) é uma leguminosa oleaginosa, rica em proteína, gorduras poli-insaturados, fibras e em diversas vitaminas e minerais. Também é rica em isoflavonas, substâncias com ação semelhante à do hormônio
feminino – o estrogênio –, que tem muitas propriedades, entre elas a ação antioxidante.

A proteína da soja é semelhante às proteínas de origem animal, de alto valor biológico; entretanto, contém menos aminoácidos sulfurados, como a metionina e a cisteína. Apesar de a soja ter o óleo como subproduto, sua proteína texturizada e seu extrato, conhecidos respectivamente como carne e leite de soja, são pobres em gordura.

Alimento milenar, a soja faz parte da culinária e da tradição oriental. No passado, recebeu o nome de “grão sagrado” e estava presente no variado cardápio dos povos do Oriente, associada a outras fontes de alimentos vegetais e animais.

No Ocidente, a soja ganhou destaque internacional com o cultivo americano após a Primeira Guerra Mundial. No Brasil, somente a partir da década de 1970, esse alimento passou a ter destaque, em razão da produção do óleo no mercado exterior.

Muitas são as curiosidades que podemos descobrir sobre a soja e suas propriedades. Aguarde as próximas edições.

Principais produtos da soja:

Tofu (queijo de soja): Elaborado a partir do extrato proteico da soja, usado em refogados de diferentes pratos. 
Missô (pasta de soja): Produto de soja fermentado, utilizado como tempero.
Shoyu (molho de soja): Molho de soja fermentado, utilizado como tempero. 
Extrato de soja (leite de soja): Extrato de proteína, usado como bebida ou como ingrediente de sorvetes e outras sobremesas. No Brasil, as bebidas à base de soja normalmente são aromatizadas.
Proteína texturizada de soja (carne de soja): Usada como substituta da carne animal na alimentação vegetariana, pode ser consumida como prato principal ou fazer parte dos ingredientes de outro tipo de preparação, como salsicha e hambúrguer, por exemplo.
Óleo de soja: Extraído das sementes, o óleo é usado amplamente na culinária ou como ingrediente de margarinas, molhos e massas. 

Fontes consultadas:
http://www.cnpso.embrapa.br/
http://nutrition.org.uk/
http://www.foodinsight.org/

Imagem da Mônica Benarroz - Nutricionista do Americas Oncologia.
Nutricionista Mônica Benarroz

Americas Oncologia