Alegria, emoção, descontração: ações que fazem a diferença

ComPaixão

Alegria, emoção, descontração: ações que fazem a diferença

21/01/2020 - 3 minutos de leitura

Programa do Americas focado em iniciativas inspiradas naquilo que importa para o paciente coleciona histórias emocionantes, que ficam para sempre na memória.

“O que importa para você?” Fazer essa pergunta ao paciente internado, ouvir o seu desejo e empenhar-se para realizá-lo tornou-se rotina nos hospitais do Americas Serviços Médicos desde o lançamento do programa ComPaixão. Seu objetivo é estimular o engajamento das equipes no desenvolvimento de ações que proporcionem aos pacientes internados e mais fragilizados uma melhor experiência no ambiente hospitalar, potencializando as práticas de humanização e acolhimento. A regra é: ouvir o paciente, entender o que realmente importa para ele e fazer o que importa.

O programa, cujo nome remete a um de nossos valores – compaixão –, é um desdobramento do projeto What Matters to You, realizado pela primeira vez na Escócia, no dia 6 de junho de 2016. Essa data passou a marcar uma campanha promovida num número crescente de instituições de saúde em todo o mundo. Com o programa ComPaixão, em vez de uma data específica, nas unidades do Americas todo dia é dia de interagir com o paciente para descobrir o que é importante para ele. A fim de estimular e reconhecer o envolvimento das equipes foi instituída uma premiação semestral em três categorias: Melhor Ação, Melhor Vídeo e unidade com Maior Número de Ações realizadas.

“Em 2019, nada menos que 446 ações especiais realizadas em nossos vários hospitais disputaram a premiação”, informa Rita Grotto, diretora de Atendimento ao Cliente. “É uma vasta coleção de histórias marcantes e emocionantes tanto para os pacientes e familiares como para os médicos e demais profissionais engajados nesse exercício de ouvir e fazer acontecer aquilo que é importante para o paciente”, acrescenta ela.

Momentos mágicos

Nas respostas ao “o que importa para você?”, um dos desejos mais frequentes dos pacientes é tomar um café com o “médico que me curou”. Mas há outros que exigem uma “produção” mais complexa.

No Hospital Metropolitano, por exemplo, a equipe se desdobrou para promover as Bodas de Cereja (celebração de 59 anos de casamento) do paciente M.F. e sua esposa, com direito a véu, buquê de flores, música e um carinhoso beijo do casal, sob aplausos da “plateia” de profissionais.

Já o time do Samaritano – Higienópolis fez o impossível para tornar realidade o que era importante para a paciente L.B.B, de 11 anos, em tratamento de um câncer: conhecer a Maisa do SBT. A garota ficou simplesmente maravilhada quando chegou aos estúdios da emissora. Divertiu-se mexendo nos objetos do cenário do programa da Maisa, sentou-se no sofá cor de rosa, rodopiou pelo espaço e, surpresa maior, encontrou-se, conversou, abraçou e foi abraçada pela atriz e apresentadora, e participou do programa. Foi a realização de um antigo sonho. Tão feliz quanto L. ficou a família. Tanto que o pai fez questão de mandar uma mensagem para a equipe do Samaritano – Higienópolis agradecendo a alegria proporcionada para a filha e o “trabalho lindo que tornou o tratamento mais leve”.

No Hospital Vitória – Anália Franco, o Dr. Wares Fernando de Oliveira Medeiros, juntamente com a equipe de enfermagem e o Dr. Alze Pereira dos Santos Tavares, decidiu fazer uma surpresa para uma das pacientes que ele acompanhava: T.M., uma senhora de 82 anos, solteira, sem filhos e com poucos parentes, que raramente via. Ela chegara ao hospital com um quadro de depressão grave e muita dificuldade de locomoção devido a um AVC. Só chorava e falava do desejo de morrer. Três meses depois, havia melhorado da depressão e, embora com dificuldade, finalmente conseguiu se levantar. Era hora de comemorar. Como? Com um café da tarde especial. A nutrição providenciou a bebida, devidamente acompanhada de petit fours; e a enfermagem cuidou de preparar a paciente para aquele evento especial, com banho, maquiagem e até unhas esmaltadas. Um detalhe: o café foi servido numa área externa do hospital, atendendo a um desejo da paciente de curtir a luz do sol ao ar livre. Difícil saber quem se emocionou mais: se a senhora T.M., ou a equipe, recompensada pelo sorriso da paciente e o pedido para que aquele momento se repetisse.

Logo do Americas Serviços Médicos.
Americas Serviços Médicos

O mais moderno Grupo Médico-Hospitalar do país.